Pilar do Sul - SP, sábado, 20 de abril de 2024
informe o texto a ser procurado

Notícias / Política

03/10/2022 | 17:03 - Atualizada em 03/10/2022 | 17:29

​Bolsonaro, Tarcísio e Marcos Pontes são os preferidos do eleitorado pilarense

Veja como ficou a apuração final dos votos para presidente, governador, senador e deputados em Pilar do Sul

Por Sérgio Santos | sergiosantos@pilarnews.com.br

​Bolsonaro, Tarcísio e Marcos Pontes são os preferidos do eleitorado pilarense

Lula e Bolsonaro disputarão o 2° turno em 30/10

Foto: Divulgação / AFP

O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, foi o mais votado no primeiro turno das eleições gerais desse domingo (2) em Pilar do Sul.

O ex-militar obteve 9.715 votos, praticamente o mesmo percentual de votos da eleição de 2018 na cidade: 57,79% dos votos válidos, contra 56,75% de quatro anos atrás.
 
O ex-presidente Lula (PT) obteve 5.678 votos, enquanto que Simone Tebet (PMDB) alcançou 911 votos e Ciro Gomes (PDT) 343 votos.
 
O que chamou a atenção foi a abstenção de 23,79% em Pilar do Sul. Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), dos 23.403 eleitores estão aptos a votar, 5.568 não compareceram para votar.
 
Veja o resultado final da apuração em Pilar do Sul:
 
Presidente

Bolsonaro 9.715 votos - 57,79%
Lula 5.678 votos - 33,78%
Simone Tebet 911 votos - 5,42%
Ciro Gomes 343 votos - 2,04%
Soraya Thronicke 69 votos - 0,41%
Felipe D'Avila 64 votos - 0,38%
Padre Kelmon 11 votos - 0,07%
Sofia Manzano 10 votos - 0,06%
Vera 5 votos - 0,03%
Léo Péricles 2 votos - 0,01%
Constituinte Eymael 2 votos - 0,01%
BRANCOS 485 votos - 2,72%
NULOS 540 votos - 3,03%
VOTOS VÁLIDOS 16.810 - 94,25%

 
Governador
 
Para governador o mais votado foi o ex-ministro Tarcísio de Freitas (PODE) que obteve 8.363 votos. Fernando Haddad (PT) ficou em segundo lugar com 4.345 votos e em terceiro ficou o atual governador Rodrigo Garcia (PSDB) que alcançou 2.5020 votos. Veja:
 
Tarcísio 8.363 votos - 54,06%
Fernando Haddad 4.345 votos - 28,08%
Rodrigo Garcia 2.520 votos - 16,29%
Elvis Cezar 93 votos - 0,60%
Vinicius Poit 89 votos - 0,58%
Carol Vigliar 37 votos - 0,24%
Gabriel Colombo 19 votos - 0,12%
Altino 3 votos - 0,02%
Antonio Jorge 2 votos - 0,01%
Edson Dorta 0 votos - 00,00%
BRANCOS 1.174 votos - 6,58%
NULOS 1.190 votos - 6,67%
VÁLIDOS 15.471 votos - 86,75%

 
Senador
 
Para senador o mais votado em Pilar do Sul foi o Marcos Pontes, astronauta e ex-ministro de Bolsonaro, que conquistou 8.872 votos. Márcio França (PSB) obteve 4.035 votos e Edson Aparecido (MDB) 1.097 votos. Veja a relação:

Astronauta Marcos Pontes 8.872 votos - 61,70%
Márcio França 4.035 votos - 28,06%
Edson Aparecido 1.097 votos - 7,63%
Janaina Paschoal 113 votos - 0,79%
Aldo Rebelo 98 votos - 0,68%
Vivian Mendes 79 votos - 0,55%
Ricardo Mellão 47 votos - 0,33%
Prof. Tito Bellini 24 votos - 0,17%
Dr. Azkoul 12 votos - 0,08%
Mancha Coletivo Socialista 2 votos - 0,01%
Antônio Carlos 1 voto - 0,01%
BRANCOS 1.727 votos - 9,68%
NULOS 1.728 votos - 9,69%
VÁLIDOS 14.380 votos - 80,63%

 
Deputado Federal (20 mais votados)
 
Vitor Lippi (PSDB) 3.516 votos
Frederico Davila (PL) 1.430 votos
Simone Marquetto (MDB) 1.388 votos
Dr Vinicius Rodrigues (PL) 1.077 votos
Carla Zambelli (PL) 497 votos
Carlos Zarattini (PT) 398 votos
Eduardo Bolsonaro (PL) 315 votos
Bruno Ganem (PODE) 263 votos
Eli Corrêa Filho (UNIÃO) 262 votos
Capitão Derrite (PL) 257 votos
Alexandre Leite (UNIÃO) 248 votos
Jefferson Campos (PL) 230 votos
Iara Bernardi Coletiva Elas (PT) 213 votos
Arlindo Chinaglia (PT) 211 votos
Guilherme Boulos (PSOL) 210 votos
Celso Russomanno REPU 206 votos
Paulo Teixeira (PT) 191 votos
Vinicius Carvalho (REPU) 189 votos
Mauricio Neves (PP) 175 votos
Cezinha de Madureira (PSD) 174 votos

 
Deputado Estadual (20 mais votados)

Maria Lucia Amary (PSDB) 3.034 votos
Agente Federal Danilo Balas (PL) 1.662 votos
Edson Giriboni (UNIÃO) 1.231 votos
Vinicius Aith (PRTB) 1.051 votos
Dra. Calu - Coletiva Plural (PT) 330 votos
Carlos Cezar (PL) 286 votos
Itamar Borges (MDB) 276 votos
Milton Leite Filho (UNIÃO) 250 votos
Donato (PT) 246 votos
Cicero João (PSD) 234 votos
Valeria Bolsonaro (PL) 219 votos
Leandro Soares (PT) 202 votos
Sebastião Santos (REPU) 201 votos
Clarice Ganem (PODE) 194 votos
Eduardo Suplicy (PT) 185 votos
Paulo Fiorilo (PT) 178 votos
Raul Marcelo (PSOL) 157 votos
Subtenente PM Juliano (PL) 133 votos
Samurai Caçador (PRTB) 121 votos
Carlos Giannazi (PSOL) 118 votos
Alessandra Gonzaga (PSDB) 115 votos


 

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • João monge savalla 12/10/2022 | 00:00

    Votar em um candidato que usa religião para buscar voto é não acreditar em Deus da misericórdia. Vai se batizar no rio Jordão por um pastor corrupto, vai em Belém no Círio de Nazaré e na Aparecida atrás de voto (esse cara é um farizeu) tanto católicos como evangélicos que prezam pela sua fé em Jesus Cristo, não deve depositar um único voto nesse farizeu que brinca com a religiosidade do povo brasileiro.

  • João monge savalla 11/10/2022 | 00:00

    Ora...Ora....o pior cego é aquele que não quer ver, no governo do bozó não tem corrupção kkkkkk não tem provas kkkkkk ele aparelhou todo sistema trocou vários delegados e ministros para não ser investigado, como se explica a compra de 51 imóveis pago em dinheiro, mansão do filho 6.000.000 e a casa da ex-mulher declarado 890.000 e o valor real 3.200.000, fora as rachadinhas falando nisso onde anda o Queiroz etc...o Brasil no exterior está passando vergonha ninguém quer negociar com o governo bozo ditador afundou o país interferindo na Petrobras, aumento da inflação onde o pobre não consegue comprar seu alimento, o auxílio de Brasil foi aprovado pela Câmara, senado e o STF obrigou ele a assinar igual a vacina que ele negava e o STF autorizou chega de incompetência fora genocida, mais de 350.000 vítimas poderiam estar vivos hoje.

  • Jonatan Medeiros 06/10/2022 | 00:00

    Ora, Ora, Gláucio...mas falando em ladrão o ex-presidiário Lula desviou trilhões de reais, foi o governo marcado pela corrupção....agora de fato no Governo do Bolsonaro não há nenhuma prova de corrupção, é um governo transparente, imagine a vergonha para nós brasileiros ter um presidente ex presidiário e corrupto???

  • Gláucio 05/10/2022 | 00:00

    Antonio Damaceno, o fato de Bolsonaro ir para o segundo turno envergonha todos os democratas e o Brasil no exterior. É uma lástima querer insistir com esse genocida. Milhares de brasileiros morreram por culpa dele. Milhares de brasileiros voltaram a passar fome por causa do seu governo. Esses recentes auxílios e a queda nos preços dos combustíveis são para enganar trouxas. A vida do pobre em outros governos não era essa desgraça que é hoje. E mais: Bolsonaro é corrupto, sim! Sua família inteira é criminosa. Só os fanáticos não enxergam isso.

  • Antonio Damaceno 05/10/2022 | 00:00

    Estamos vivendo um momento muito difícil em nossa País, o povo brasileiro me envergonha de quase metade votar em um ex-presidiário que lascou com a nossa economia de tanta corrupção, que se for citar aqui ainda não esgotará o assunto.E percebe-se pelo comentário aqui embaixo que os eleitores do PT não levam a sério os problemas aqui enfrentado, prova disto é só ler o comentário do nosso leitor...e outra aponte onde houve uma corrupção na gestão do Bolsonaro??

  • Gláucio 04/10/2022 | 00:00

    NOBUO SHIMIZU não se esqueça de quatro coisas: 1- Bolsonaro falou que japonês tem pinto pequeno 2 - Bolsonaro empobreceu os brasileiros. O desemprego bateu recorde e a fome voltou a ser uma triste realidade 3 - A corrupção continuou em seu governo. Bolsonaro e sua família são ladrões 4- A vida dos pobres só piorou.

  • NOBUO SHIMIZU 04/10/2022 | 00:00

    Que bom que somos conservadores , não ta bom para o Senhor , e só ir embora , tem muitos países vizinhos , bom vai para la , Venezuela , Cuba , Nicarágua

  • Gláucio 03/10/2022 | 00:00

    O resultado das urnas mostra que a maioria do eleitorado pilarense é conservador. Eles querem conservar a própria ignorância. Vejo que o bolsonarismo (CID 1722) é uma doença incurável.

 
 
Sitevip Internet