Pilar do Sul - SP, quarta-feira, 19 de setembro de 2018
informe o texto a ser procurado

Notícias / Política

13/06/2018 | 15:29 - Atualizada em 13/06/2018 | 20:22

​Regiane Mazzer é exonerada e Anderson Luiz assume a pasta de Cultura e Turismo

Em pouco menos de um ano e meio de governo, esta é a sexta troca na equipe de secretários de Toninho da Padaria

Por Sérgio Santos | sergiosantos@pilarnews.com.br

​Regiane Mazzer é exonerada e Anderson Luiz assume a pasta de Cultura e Turismo

Marcos Aurélio, prefeito em exercício, e Anderson Luiz

Foto: Divulgação / Prefeitura de Pilar do Sul

Marcos Aurélio Soares (DEM), prefeito em exercício, anunciou na tarde desta terça-feira (12) Anderson Luiz como novo secretário de cultura e turismo.

Ele assume a pasta em substituição a cineasta Regiane Mazzer, exonerada na manhã de segunda-feira, que por sua vez havia assumido o cargo em fevereiro em substituição a Guto Carvalho.

Anderson Luiz tem 38 anos, é radialista e gestor de recursos humanos, e atualmente ocupava o cargo de diretor de relações institucionais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente – de onde pediu exoneração na terça-feira para assumir a Sectur.

O novo secretário disse que seus objetivos serão dar sequência e intensificar os projetos em andamento, como as oficinas culturais, a feira noturna e o MIT (Município de Interesse Turístico), e implantar novas ações culturais, como a Banda Marcial de Pilar do Sul. 

“A questão chave será descentralização. Quero levar projetos culturais para os bairros”, disse o novo secretário. “Quero dialogar com os atores culturais do município, com as entidades e a sociedade civil para estabelecer parcerias com todos os setores”, completou.

“Parabenizo os secretários que me antecederam na Sectur e quero contar com o apoio deles. O que vou fazer na verdade é dar sequência ao que eles fizeram. E eu quero fazer o melhor para o meu município”, concluiu.

Anderson Luiz foi chefe de cultura na Sectur entre os anos 2005 e 2007 e, entre outras ações, ajudou implantar o Projeto Guri e as oficinas culturais.

Com a exoneração de Regiane Mazzer subiu para seis os secretários substituídos na gestão de Toninho da Padaria (DEM), antes mesmo de completar apenas um ano e meio de governo.

Antes de Regiane, Aldovir Gori (agricultura), Guto Carvalho (cultura e turismo), Valdenise Barros, Miriam Cavalcante e Jean Rodrigues, todos da saúde, pediram exoneração dos cargos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet