Pilar do Sul - SP, domingo, 24 de março de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Brasil

17/02/2018 | 18:01 - Atualizada em 19/02/2018 | 10:49

​Rodoviários suspendem greve geral, mas mantém paralisação até às 8h de segunda

Decisão aconteceu após recuo do Governo Federal na votação da reforma da previdência, que estava marcada para o dia 20

Da Redação | redacao@pilarnews.com.br

​Rodoviários suspendem greve geral, mas mantém paralisação até às 8h de segunda

Foto: TCGL Gabriel Teixeira

Em nota divulgada na tarde deste sábado (17), o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sorocaba e Região anunciou a suspensão da greve geral marcada para segunda-feira, 19, mas manteve a paralisação de toda a categoria entre a meia noite e às 8 horas da manhã do mesmo dia.

Leia a nota na íntegra:

Diante de retirada da pauta de votação da PEC 287/2016 (Proposta de Emenda Constitucional) da REFORMA DA PREVIDÊNCIA, representando mais um recuo do governo federal, os trabalhadores em transportes suspenderam a paralisação de dia todo e irão realizar um PROTESTO na madrugada até as 8h da segunda-feira (19).

O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região irá realizar assembleias nas garagens das empresas de todos os setores do transporte - urbano, intermunicipal, rodoviário, de fretamento e de cargas -, nos 42 municípios que compreendem a base de representação do Sindicato, ou seja, de Araçariguama até Itararé, passando pelos municípios das regiões de Sorocaba, São Roque, Itapetininga e Itapeva.

As assembleias serão realizadas para manter os trabalhadores informados sobre os malefícios que a reforma da Previdência traz à classe trabalhadora, para solicitar aos trabalhadores a ampliação da pressão sobre os deputados federais da região para que eles votem contra a reforma e para manter a categoria mobilizada, pois a greve geral irá acontecer assim que a PEC voltar à pauta do Congresso Nacional.

O Sindicato está comunicando as empresas sobre a mudança no horário do PROTESTO contra a reforma da Previdência.

MOBILIZAÇÃO CONSTANTE

Para impedir que o atual governo federal acabe também com a aposentadoria, as centrais sindicais e os movimentos sociais pedem mobilização constante da população e da classe trabalhadora em todo o Brasil.

Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sorocaba e Região

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • ana zucatti 18/02/2018 | 00:00

    Desculpa esfarrapada! De onde tiraram a ideia de que o governo recuou em alguma coisa??? O governo tá é avançando contra os trabalhadores de forma cada vez mais agressiva. O Rio de Janeiro é o primeiro exemplo. E viram a censura explícita contra a Tuiuti? Tão esperando flores destes golpistas?

 
 
Sitevip Internet