Pilar do Sul - SP, sábado, 16 de janeiro de 2021
informe o texto a ser procurado

Notícias / Polícia

08/01/2021 | 16:18 - Atualizada em 09/01/2021 | 08:25

​PM Ambiental flagra criador com pássaros irregulares em Pilar do Sul

Os policiais flagraram ainda maus tratos a uma das aves e o homem levou três multas, num total de R$ 6.100

Por Sérgio Santos | sergiosantos@pilarnews.com.br

​PM Ambiental flagra criador com pássaros irregulares em Pilar do Sul

Foto: Divulgação / PM Ambiental

Na tarde desta quinta-feira (7) em uma propriedade no bairro Pinhal de Cima, zona rural de Pilar do Sul, a Polícia Militar Ambiental, base de Sorocaba, flagrou um criador amador de passeriformes com pássaro irregular e maus tratos contra animais.
 
Segundos os policiais, ao perceber a viatura chegando no local, o criador rapidamente abriu algumas gaiolas e soltou três aves nativas, sendo um trinca-ferro-verdadeiro (saltator similis) e dois curiós (oryzoborus angolensis), que ele admitiu os ter soltado porque eles não estavam regularizados e porque ficou com receio de se prejudicar.
 
Ainda no local, os PMs encontraram outras seis aves, sendo um azulão-da-amazônia (cyanoloxia cyanoides) e cinco curiós, todos anilhadas e em gaiolas individuais, de acordo com o autorizado pelo IBAMA para o seu plantel.
 
Mas, ao verificar o azulão-da-Amazônia, os policiais notaram que a ave não conseguia se apoiar no poleiro, uma vez que um dos dedos da pata anilhada estava quebrada e a anilha encontrava grudada em uma ferida, como se tivesse sido forçada a entrada da anilha na patinha da ave. Além disso a anilha constava como sendo de um pássaro bicudo.
 
Diante dos fatos, a Polícia Ambiental elaborou três autos de infrações: pela pratica de maus tratos em animal silvestre em cativeiro, por ter soltado as três aves e por manter em cativeiro uma ave nativa sem autorização do órgão ambiental competente, e aplicou três multas num total de R$ 6.100.
 
O homem foi conduzido à Delegacia, ouvido e atuado pelo delegado Irani Smagasz e, após a elaboração de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), liberado.

O Azulão machucado foi apreendido e enviado para o CRAS PET.



 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet