Pilar do Sul - SP, sexta-feira, 30 de outubro de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Polícia

29/09/2020 | 11:06

​Acusados de matar ‘Chico das Mudas’ vão a Júri Popular nesta quinta-feira

O idoso foi brutalmente assassinado em setembro de 2017 no bairro Reunidas e seu corpo jogado em um rio, em Juquiá-SP

Por Sérgio Santos | sergiosantos@pilarnews.com.br

​Acusados de matar ‘Chico das Mudas’ vão a Júri Popular nesta quinta-feira

'Seo Chico' tinha 66 anos / Foto: Divulgação

Será realizado nesta quinta-feira (1), a partir das 13h30 no plenário da Câmara Municipal, a sessão do Tribunal do Júri para julgamento de Luan Rodrigues de Lima, Anderson dos Santos Rosa e Edna Alves da Silva, acusados de participação na morte e na ocultação de cadáver de Henrique Lipka Neto, o ‘Chico das Mudas’ (leia aqui), crime cometido em setembro de 2017 na chácara em que a vítima residia no bairro Reunidas, em Pilar do Sul.
 
Segundo a denúncia do Ministério Público, após atacar e matar o idoso de 66 anos a pauladas, os réus Luan (Mudinho) e Anderson (Vesgo) subtraíram uma bateria automotiva, um cortador de grama, uma televisão e um veículo GM Celta. Depois, colocaram o corpo da vítima no porta-malas do carro e, já em companhia de Edna e de um adolescente, o jogaram no rio Assungui, às margens da rodovia SP-79, no município de Juquiá-SP.
 
Os réus Luan e Anderson são acusados de homicídio duplamente qualificado - pelo motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima, furto qualificado e ocultação de cadáver, enquanto que Edna apenas pelo crime de ocultação de cadáver.
 
Anderson teve a prisão preventiva decretada e está preso em uma penitenciária da região. Um laudo pericial, requisitado pela defesa, apontou que Luan tem distúrbios mentais, ele foi considerado inimputável e o juiz Ricardo Augusto Galvão de Souza determinou sua internação provisória em um hospital de custódia judicial. Edna aguarda o julgamento em liberdade.
 
O sorteio dos jurados que participarão do julgamento ocorreu no dia 17. Dos 25 sorteados, 19 são mulheres, 23 são funcionários público - sendo que 15 são professores, enquanto que apenas um é produtor rural e outro auxiliar de escritório.

Leia mais sobre o crime:
Justiça decreta prisão de suspeitos de matar o aposentado ‘Chico das Mudas’

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet