Imprimir

Imprimir Artigo

24/02/2022 | 11:00 | Atualizada: 24/02/2022 | 11:13

Primeiro final de semana prolongado de 2022, carnaval sem folia, será?

Por Miguel Tavares
Jornalista, publicitário e empresário


A prefeitura de Pilar do Sul não promoverá nenhuma programação cultural do carnaval devido aos casos elevados de Covid-19 que ainda nos persegue. Isto é uma atitude sensata e cabível por parte da prefeitura.

Porém, isso não quer dizer que a cidade estará deserta e muito menos parada no carnaval.

Será nosso primeiro final de semana prolongado do ano e, com certeza, teremos a visita de muitos turistas para as chácaras de nossa cidade.

Imaginemos 2.000 chácaras recebendo seus familiares e amigos. Que Sejam todos muito bem vindos. A cidade agradece, o comércio e sua rede produtiva também.

Diante desta realidade, importante observar e cobrar das autoridades competentes suas ações para garantir ao pilarense e ao visitante, um bom final de semana, com segurança, ordem e respeito às exigências sanitárias de prevenção ao Covid.

Que haja cobrança e notificações ao comércio para priorizar a exigência de máscaras e higienização, principalmente nos supermercados.

O local para aglomeração durante as noites dos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro e 1º de março, inevitavelmente será a Praça Central. Moradores e turistas farão seu “carnaval particular” e, para garantir a ordem, que não falte a presença da Policia Militar. Que se utilize a Atividade Delegada, programe-se a abertura dos banheiros públicos até as 2 horas da manhã, fiscalize-se o trânsito, pois também não faltarão carros de som, motos barulhentas, caixinhas de som, bebedeira, uso de drogas e aglomerações.

Que se divirtam, sem exageros, sem perturbações e que nossas autoridades façam a sua parte. Que o poder público (prefeito, vereadores, etc.) não deixe nossa cidade desorientada, sem comando e sem fiscalização.

Pilar do Sul precisa reconquistar seu posto de cidade acolhedora, hospitaleira e ordeira. Principalmente ordeira.

 
 
 Imprimir