Pilar do Sul - SP, quarta-feira, 27 de maio de 2020
informe o texto a ser procurado

Artigos / Zé Francisco

08/05/2020 | 15:19 | Atualizado em 08/05/2020 | 15:19

Tempos difíceis e o enfrentamento de um inimigo cruel

Por José Francisco de Almeida

Vivemos tempos difíceis. Uma situação que jamais imaginávamos passar. Provavelmente uma situação sem precedentes na história. Quando demos conta fomos tomados de assalto por um inimigo invisível e cruel, ao qual o chamaram de coronavírus.
 
Um vírus que tem feito estragos em todas as searas da sociedade. Infelizmente ele dividiu as pessoas entre os que “acreditam” em sua periculosidade e os que “acham” que ele não é tão perigoso como se prega. Lamentavelmente houve uma “politização” do problema.

Nossa cidade já contabiliza 12 casos confirmados. Mas, sem querer alarmar ninguém, acho que os números podem ser outros, isso por conta da subnotificação. Muitas vezes, o indivíduo se contaminou e não desenvolveu sintomas. Nesse caso, não procurou o serviço de saúde. O problema é que pessoas assintomáticas também transmitem o vírus.

É hora de união, serenidade, solidariedade, respeito ao próximo e cuidado. Sei do sacrifício pelo qual todos estão passando, cada um da sua maneira. Além de tudo, há também a desinformação e a ignorância. Isso nos leva a travar uma guerra de nervos onde todos acham que têm razão e, na lógica dessa razão, acabam passando dos limites que essa própria razão permite.

Isso tudo passará, eu creio. Enquanto não passa, precisamos ter cuidado. Quem puder, fique em casa. Quem não puder, porque precisa sair para o trabalho, todos aqueles que de alguma forma colaboram para que minimamente as coisas funcionem, por favor, tomem todos os cuidados possíveis: usem máscara, álcool em gel, higienizem-se sempre que puder, evitem aglomeração, caso contrário todo o sacrifício poderá ter sido em vão.

Vamos honrar todos aqueles que por vocação ou por necessidade estão na linha de frente da batalha. Se não fizermos nossa parte, toda a luta desses guerreiros terá sido em vão.

Quando essa tempestade passar, o “tal mundo novo” se apresentará. Espero sinceramente que possamos aprender algo de bom com tudo isso. Até lá, vamos tomar cuidado.
 
Que Deus nos guarde.

Zé Francisco

Zé Francisco
José Francisco de Almeida
Advogado e Contador
ver artigos
 
 
Sitevip Internet